Escorbuto

O escorbuto é uma doença que resulta da falta de frutas e vegetais frescos e do excesso da carne e do peixe salgado, neste caso, por parte dos navegantes.

Sendo esta uma “doença crua e feia”, está Gama a narrá-la ao Rei de Melinde e refere que, para além do desânimo e do cansaço, foi o que mais afectou a tripulação, pois o desenlace desta doença que atingia os tripulantes era a morte.

Por fim, é feito um comentário à fragilidade da vida humana, sobressaindo a incapacidade do Homem em superar algumas situações, como a doença e a morte.